Header Ads

O Menino e o Mundo


Em determinado momento, próximo do final de O Menino e o Mundo, minha boca proferiu: essa é animação mais importante e espetacular da história do cinema brasileiro. Saiu assim, sem querer . Creio que seja a criança que ainda vive em mim que tenha assumido o comando e, com a sinceridade habitual dos pirralhos, ele, digo eu, tenha dito uma verdade: O Menino e o Mundo é uma obra prima.

Para olhos acostumados com o requinte Pixar, o longa vai soar como estranhos rabiscos à lápis coloridos. Com alguns minutinhos você já está hipnotizado pela beleza do longa. Sem diálogos, a história ambientada com muita música é, na minha modesta opinião, a melhor trilha sonora da temporada, incluindo todos os filmes.

O menino passa da fantasia à dura realidade e, mesmo quando o filme endurece a temática, a beleza estética permanece enchendo os olhos dos espectadores. Ele segue em busca do pai, mas só lá na frente descobrimos que a busca dele é sobre algo maior. Quando o roteiro maravilhoso de Alê Abreu (Garoto Cómico), que também dirigiu o filme, encaixa todas as peças, é difícil não sentir aquele aperto no peito e ver sua alma desmontada por essa linda obra de arte de apenas 80 minutos.

O Menino e o Mundo terá um papel fundamental para ampliar a produção de animações no Brasil e preciso agradecer Alê Abreu e sua trupe por essa experiência tão linda. Não é a computação gráfica com personagens tridimensionais da Pixar que me encantam e me fazem chorar como criança nos cinemas, mas como eles contam as histórias. O Menino e o Mundo é feito com esse mesmo ingrediente, ou seja, o resultado em mim foi o mesmo. Você devia experimentar. O problema é que depois você não vai conseguir parar de cantarolar o tema principal da trilha sonora, com aquela flautinha doce.



O Menino e o Mundo (2015)
Direção: Alê Abreu
http://www.imdb.com/title/tt3183630/

  Gilvan Marçal - gilvan@gmail.com
-
Tecnologia do Blogger.