Header Ads

Grandes Olhos

Curioso que quando Tim Burton se aventura em um filme mais sério, se distanciando um pouco da loucura usual que permeia suas obras, fico na expectativa de reencontrar aquele talentoso diretor de Edward Mãos de Tesoura e Peixe Grande. Grandes Olhos é uma história muito "simplesinha" demais sobre uma talentosa pintora, Margaret Keane, que foi enganada por anos pelo marido. Claro que se isso servisse para uma reflexão mais profunda sobre o papel da mulher e seu crescimento, no aspecto profissional, nos últimos anos, até soaria satisfatório. Mas Burton insisti em brincar com os aspectos estéticos, esquecendo de aprofundar as questões conceituais. Claro que Margaret gostou da boa vida, com dinheiro e facilidades, que seus quadros a ofereceram por meio da mentira conjunta com o marido. Ele não forçou ela nesse golpe. Quando ela percebeu que estava ficando distante de sua arte, resolveu se rebelar. Convenhamos, um tanto tarde.

É justamente essa reflexão sobre o medo e a submissão feminina, que ocorriam no passado, que o longa evita explorar. Onde está a falha dela nisso tudo? Grandes Olhos caminha na superficialidade e, justamente, o que mais interessa no filme são os quadros pintados por Margaret Keane e não a sua história. Ou seja, continue pitando. E Tim Burton, volte a fazer os filmes malucos encomendados pela Disney.



Grandes Olhos (Big Eyes - 2014)
Direção: Tim Burton
http://www.imdb.com/title/tt1126590

Gilvan Marçal - gilvan@gmail.com
-
Tecnologia do Blogger.