Header Ads

Um lugar solitário para morrer

Um grupo de alpinistas encontra uma criança presa em uma pequena câmara enterrada no meio da floresta. Apenas um cano, utilizado como duto para passagem do ar, serve como contato da menina com o resto do mundo. Liberta, os alpinista são perseguidos pelos sequestradores, que a querem de volta.

O longa começa arrebatador mostrando o quão perigoso e desafiante é escalar uma montanha. O belo cartão de visita fica ainda mais saboroso ao perceber algumas leves semelhanças com o sensacional Abismo do Medo, explorando as relações das personagens e os riscos em que a equipe se propõe. Rapidamente a menina sequestrada é liberta e o filme passa a impor um ritmo angustiante. Na melhor e mais assustadora cena de Um lugar solitário para morrer, o roteiro esclarece ao espectador que há mais gente naquelas montanhas e que eles são perigosos. É um susto daqueles de abrir a boca e dizer: Não pode ser...

O longa passa a funcionar no esquema gato caçando o rato. O problema é que as montanhas acabam ficando em segundo plano, não sendo utilizadas como desafio, tanto para os perseguidores quanto aos perseguidos, e algo produtivo para narrativa. Se em Abismo do Medo sair da caverna é a meta fundamental, no filme as montanhas não chegam imprimir o mesmo receio. Descer uma montanha tendo todo o tempo e analisando todas as questões de segurança é bem diferente que fugindo de sequestradores armados. Faltou isso.

No ato final, a coisa se perde de vez, quando o enredo conclui a trama fora da montanha.  Poxa, se é um filme sobre escalada, com alpinistas, tem que ser contextualizado, se possível, dentro do cenário deles, as montanhas. E, se a produção chama-se Um lugar solitário para morrer, a protagonista devia então morrer. O final ainda mistura questões políticas da antiga Iugoslávia, que não acrescentam  nada a trama. No fundo, dá vontade de deixar os realizadores morrerem numa montanha só para ver se aprendem.


Um lugar solitário para morrer (A Lonely Place to Die - 2011)
Direção: Julian Gilbey
http://www.imdb.com/title/tt1422136/

Gilvan Marçal - gilvan@gmail.com 
-
Tecnologia do Blogger.