Header Ads

Eu Queria Ter a Sua Vida

Você é casado, tem uma esposa adorável, três filhos, um trabalho desgastante, mas que compensa financeiramente. Apesar do carro novo, da ótima casa e do status, você morre de inveja daquele amigo de infância solteiro, irresponsável e que transa com uma mulher diferente por semana. Convenhamos, tem dias que dá vontade de trocar. Essa é a premissa Eu Queria Ter a Sua Vida, que usa pela enésima vez o conceito de personalidades trocadas em corpos diferentes. Apesar de clichê, até que funciona bem e garante ótimas gargalhadas.

Dirigido por David Dobkin, que dirigiu uma das comédias mais assistidas dos últimos anos, Penetras bons de Bico, o filme já garante o espectador na cena inicial com a fatídica cena da troca de fraldas. Dobkin acena para o espectador dizendo: fique conosco e assista, você vai ser divertir. Infelizmente, não chega ter o primor cômico de Penetras..., mas é um bem realizado entretenimento. Aos brasileiros pode soar meio deja vu, afinal, a trama de troca de personalidades vai nos lembrar Se Eu Fosse Você. A dupla Jason BatemanRyan Reynolds funcionam bem, sobretudo Reynolds, que se sai melhor como galã cômico do que super-herói com anel.

Eu Queria Ter a Sua Vida não traz nada de novo, mesmo a lição de moral, mas proporcionas boas risadas. Ideal para assistir com pipocas, em final de semana chuvoso. Agora só não entendi uma coisa: melhores amigos raspam os testículos uns dos outros? Estranho não?


Eu Queria Ter a Sua Vida (The Change-Up - 2011)
Direção: David Dobkin
Gilvan Marçal - gilvan@gmail.com
-

Tecnologia do Blogger.