Header Ads

O Homem nas Trevas


Não é todo dia que temos um instigante filme de suspense, que flerta com o horror, causa um bom impacto e ainda deixa bem feita a estrada para uma continuação. O maior mérito de O Homem nas Trevas é caminhar pelo simples e entregar ao espectador o que ele deseja no gênero: mãos suadas sem saber o que vai acontecer na cena seguinte.

Fede Alvarez, após o desastroso A Morte do Demônio, mostra por que foi escalado para comandar o remake da obra prima do horror. O sujeito é talentoso e faz boas escolhas aqui. Já nas primeiras cenas ele entrega cenas essenciais da trama, como a arma debaixo da cama e a claraboia, com intuito de enganar o espectador ao dizer: se você acha que estou adiantando ou estragando as surpresas, se prepare, pois há muito mais por vir.  Inteligente e ligeiro, com poucos minutos a trama já está dentro da casa do ex-militar cego e os três assaltantes sofrem as consequências da escolha infeliz. Onde já se viu roubar um homem com experiência militar? A ingenuidade desses meninos  gananciosos lhes custará caro.

Nem tudo é maravilhoso, como a presença secreta dentro da casa, mas serve para enganar novamente o espectador. Com mais esmero o roteiro seria brilhante, mas ainda assim ele é muito eficiente. Senti falta de uma trilha mais envolvente e o uso de recursos sonoros para explorar a sensibilidade auditiva do velhote cego.

O Homem nas Trevas é um bom exemplar que é possível fazer bons filmes de suspense/horror sem cair no pedantismo dos monstros, fantasmas e zumbis tanto em moda hoje em dia. Agora é torcer para que o roteiro arrume um gancho plausível para a continuação, afinal, parte do sucesso do filme está em ele se passar quase todo dentro da casa do cego militar.



O Homem nas Trevas (2016)
Direção:  Fede Alvarez
http://www.imdb.com/title/tt4160708/

  Gilvan Marçal - gilvan@gmail.com
-

Tecnologia do Blogger.