Header Ads

Mandela - O Caminho Para a Liberdade

É duro torcer para que um filme dê certo e mostre para os espectadores aquilo que de fato foi Nelson Mandela. A adaptação para o cinema da autobiografia homônima, Mandela - O Caminho Para a Liberdade, consegue pincelar um pouco de quem foi o homem e como ele se transformou nesse ícone da luta pela liberdade. Mas fica evidente no filme que os 141 minutos de duração são poucos para explorar a densidade da história de Mandiba e a África do Sul. O esforço é louvável e muito outros filmes virão para lembrar às próximas gerações quem foi esse negro teimoso, mas paciente, que esperou 27 anos na cadeia para começar a chegar ao seu objetivo. E tem gente que acha que com quatro anos resolvem os problemas de uma nação.

Dirigido pelo britânico Justin Chadwick (A Outra) é óbvio que o projeto era muito grande para ele, cuja carreira ainda não possuía obras tão robustas como essa. Ok, foi a grande oportunidade dele, mas ele perdeu a chance. O longa tem seus tropeços e dá alguns saltos na linha do tempo que inviabilizam que o espectador absorva com maior intensidade o impacto dos acontecimentos na vida e nas escolhas futuras de Mandela. Não dá tempo direito de explorar a solidão vivida na prisão nas ilhas Robben e como isso vai pesar lá na frente ao ser rígido e enfático com o presidente de Klerk. As cenas estão no filme, mas menos impactantes do que mereciam. A maquiagem utilizada para envelhecer Idris Elba é quase vergonhosa.

Como a história desse homem e tão complexa, não creio que seja possível condensá-la em apenas um longa metragem. Talvez a melhor solução seja pinçar momentos importantes da vida de Mandela e extrair o seu pensamento libertário e igualitário como ocorre nos ótimos Invictus e Mandela - Goodbye Bafana.

A passagem de Mandela e seu grupo pelo nosso planeta é uma das belas e tristes páginas da nossa história e que merece ser relembrada incansavelmente. Olhar para vida desse homem é um exercício de auto-crítica: o que fizemos e o que estamos fazendo com o mundo? Se deixamos Mandiba apodrecer 27 anos na cadeia por ter cometido o delito de defender o direito de ser capitão de sua alma, ser livre, o que hoje estamos fazendo errado e nem percebemos? Ainda estamos aprendendo com isso tudo, Como ele mesmo pregava: "A educação é a arma mais poderosa que você pode usar para mudar o mundo." Que tal começarmos vendo Mandela - O Caminho Para a Liberdade. Não é maravilhoso, mas já é um bom início.



Mandela - O Caminho Para a Liberdade (2013)
Direção: Justin Chadwick
http://www.imdb.com/title/tt2304771/

Gilvan Marçal - gilvan@gmail.com 
-
Tecnologia do Blogger.