Header Ads

Guardiões da Galáxia

Enfim a nova geração da Marvel consegue fazer um filme sensacional, do começo ao fim, e levar as cinco estrelinhas. Ufa, já era em tempo. Mas convenhamos, Guardiões da Galáxia é tudo, menos um filme de super heróis. Peter Quill e sua turma não são exemplo de caráter, mas funcionam como uma equipe e contagiam os espectadores. Quil, interpretado pelo ótimo Chris Pratt, é uma espécie de versão século XXI de Han Solo e, mantendo a linha comparativa, o longa é tudo que os episódios I, II e III da hexalogia Star Wars tentou, mas não conseguiu alcançar. Divertido, saboroso, irônico e que dá vontade de assistir muitos outros capítulos.

A nova geração Marvel teve os três episódios do Homem de Ferro, dois do Capitão América, dois do Thor, e a reunião com Os Vingadores. Apesar dos milhões de bilheteria, sempre faltou algo nessa produções. Tudo parecia um tanto polido e bem feitinho demais. Há uma certa sujeira em Guardiões da Galáxia, sobretudo nas características dos seus protagonistas, que deixa o longa mais agradável e menos simplista. Ainda assim, a trama é muito bem definida, com um vilão interessante e algumas camadas mais complexas e soltas, para que o espectador vá montando no futuro da franquia. Quill não é um terráqueo comum, isso dá para verificar antes mesmo da cena final, mas essa dúvida fica para os próximos filmes.

A beleza estética do longa é algo que merece muitos elogios, sobretudo nos efeitos visuais de Rocket e Groot. Esse último, o homem árvore, apesar de dizer apenas duas frases ao longo do filme, é um personagem apaixonante. Agora, toda essa junção deve-se ao ótimo trabalho de um diretor praticamente desconhecido, James Gunn, que tinha na carreira para as telonas apenas um filme alternativo de super-heróis chamado Super. Curioso é como a Marvel descobriu esse bom sujeito.

Guardiões da Galáxia acerta onde a maioria erra, ao não tentar ser maior do que de fato é. Ele está a anos luz dos episódios IV, V e VI de Star Wars ou mesmo dos melhores capítulos de Star Trek. Contudo, ele é o melhor filme de aventura no espaço dos últimos anos. Com um bando de anti-heróis cativantes, eu torço para que o próximo episódio da saga continue caminhando firme e que a cobiça de Thanos pelas seis poderosas gemas de poder consiga juntar os Vingadores com os Guardiões nos já anunciados dois filmes da Guerra Infinita. A expectativa é boa para saber se a Marvel vai realmente conseguir alinhar todos esses filmes e tramas, tornando o cinema uma HQ gigantesca.




Guardiões da Galáxia (Guardians of the Galaxy - 2014)
Direção: James Gunn
http://www.imdb.com/title/tt2015381/

Gilvan Marçal - gilvan@gmail.com
-
Tecnologia do Blogger.