Header Ads

The Following - 3ª Temporada

Como um amante da sétima arte, fico sentido em dizer, mas a TV superou o cinema. As séries conseguem uma profundidade e uma gama de variações dramáticas, sobretudo nas dimensões humanas das personagens, que só podem comparadas à obras primas, longas e complexas como O Poderoso Chefão. Apesar dos caminho tortuosos e trôpego das duas primeiras temporadas de The Following, eu sentia que tinha algo novo ali. Algo que um astro do cinemão como Kevin Bacon acreditava. Os dez primeiros episódios da extraordinária terceira e última temporada The Following são primorosos. O nono e o décimo estão bem próximo da perfeição, com um impacto emocional avassalador.

Pena que a produção da série, talvez por conta da baixa audiência nos EUA, teve que dar fim a saga do policial Ryan Hardy no outros cinco episódios que restavam da temporada. Natural que viesse os tropeços, mas ainda assim a série fecha de maneira digna, mas sorrateiramente, clamando para que algum outro canal (leia Netflix) salve a série e retome a nova vida de Ryan. As escorregadas da segunda temporada custaram caro a série que perdeu muitos espectadores. Quem continuou como seguidor foi parabenizado com uma boa conclusão.

Vou sentir saudade da trupe de Ryan Hardy e o lado sombrio que os perseguia, mas vou sentir mais saudade é do ar jocoso e vil de Joe Carroll, interpretado pelo talentoso James Purefoy. Kevin Bacon mostrou em The Following que é muito mais do que as produções de cinema vem extraindo do seu talento. Honestamente, torço para que Ryan Hardy volte e serei sempre seu fiel seguidor. Isso só mostra que a série funcionou bem, ao menos, para mim. Ou eu me tornei um daqueles seguidores de seitas sem qualquer senso crítico. Eu só sei que, se precisar, mato alguém para que a série volte. Quem eu preciso matar?



The Following (2013)
Criador: Kevin Williamson
http://www.imdb.com/title/tt2071645/

Gilvan Marçal - gilvan@gmail.com -
Tecnologia do Blogger.