Header Ads

O Último Ato

Eu sou alucinado com os filmes do diretor Barry Levinson, cuja nossa parceria começou no emblemático e saudoso O Enigma da Pirâmide. Ele tem creditado 38 produções como diretor no IMDB, da qual vi quase todos. Em um dos seus últimos filmes, tive a grata oportunidade de vê-lo dirigir o meu ator favorito, Al Pacino, no espetacular You Don't Know Jack. Posto isso, era óbvia a minha expectativa para essa nova reunião da dupla em O Último Ato. E o que podemos dizer: é um filme estranho e bem difícil, apesar da ótima e costumeira atuação de Pacino.

Simon Axler (Pacino) é um renomado ator, que com 65 anos, sente o peso da vida e começa a questionar sua profissão e também tudo que o cerca. Poderia ser mais um filme de reflexão usando o mundo artístico com pano de fundo, mas o roteiro coloca umas gotinhas de Lexotan no meio. O longa é lento, estranho e assim como Mapa para as Estrelas pode assustar mais do que atrair o espectador. Curioso é termos dois filmes, na mesma temporada, que dialogam com o mesmo conceito e possuem finais muito semelhantes. Se você viu Birdman, dá uma conferida em O Último Ato. Claro que a obra de Iñárritu é bem mais agradável, mas a semelhança da sequencia final é muita coincidência para o meu gosto.

Gosta de estranhezas e boa atuações, confira O Último Ato.



O Último Ato (The Humbling - 2014)
Direção: Barry Levinson
http://www.imdb.com/title/tt1568343

Gilvan Marçal - gilvan@gmail.com
-

Tecnologia do Blogger.