Header Ads

Fear the Walking Dead - 2ª temporada

Apesar de gostar da primeira temporada de Fear the Walking Dead percebi que o tom não era tão urgente como a série deveria ser, mas havia potencial. A segunda temporada começa com uma grande ideia sobre a perspectiva do holocausto zumbi a partir do mar, dentro de um grande iate. Ufa, eles estão salvos. Nada disso, sempre existiram e sempre existirão piratas. Mas isso não dura tantos episódios e série cai no pedantismo e muitas vezes chega irritar. 

A primeira metade, até o midseason no episódio sete, é como ser mordido por um zumbi no saco. Ah, para as meninas, uma mordida nos seios. Beira o desastre, e se não fosse Nick eu já tinha deixado a série. A segunda parte da temporada começa da mesma forma, arrastada e agora com a narrativa dividida, contando onde e como cada integrante da família Clark está enfrentando o que restou do mundo. "Jesus, morde eles por favor", essa foi uma das minhas frases recorrentes ao longo da temporada. Mas eis que no fim, aos 44 do segundo tempo, Fear the Walking Dead resolve honrar seu contexto mexicano e começa ter "cojones".

Os dois episódio finais dão a Fear um fiapo de esperança ao fazer a família Clark pesar e sujar as mãos com muito sangue, sendo muitos deles de inocentes. Não há como sobreviver no mundo Walking Dead com os mesmos conceitos morais de antes. É nesse ponto que a série precisa seguir a ponto de não diferenciarmos mais quem são os humanos e quem são os monstros. Ainda falta muito para Fear the Walking Dead, mas ela conseguiu me segurar, ao menos, por mais uma temporada.

Eles sabem nadar também?

Fear the Walking Dead - 1ª temporada (2015)
Criação: Dave Erickson, Robert Kirkman
http://www.imdb.com/title/tt3743822/

  Gilvan Marçal - gilvan@gmail.com
-
Tecnologia do Blogger.