Header Ads

Truman


Sim, eu vou morrer. Você também. O que não é muito certo é o dia, a hora, se de manhã ou durante o sono, mas eu sei, eu vou morrer. Ainda que eu não saiba precisamente quando, eu sei como: um câncer venceu todas as minhas batalhas com minha parceira quimioterapia. Foda que a tal doença também contava com uma aliada, uma tal metástase.

Não, esse não é o texto de abertura de Truman, mais lindo rebento do diretor espanhol Cesc Gay. É uma breve síntese na qual o protagonista Julian (Ricardo Darín) está vivendo e opta por aproveitar melhor o que ainda lhe resta de vida. Em momentos assim, que devem ser duros e tristes, é fundamental a presença de amigos, como Tomás (Javier Cámara), ainda que ele venha lá do Polo Norte para ajudar. Truman era para ser um daqueles filmes choramingões de doenças terminais na qual você olha para o espelho e diz: "viu, pare de reclamar da vida". Ou também poderia ser uma comédia reflexiva como Antes de Partir. Nem um, nem outro. Você dá boas gargalhadas com a fenomenal parceria de Darin e Cámara(o enfermeiro de Fale com Ela) e o timing do filme transita com leveza entre a reflexão e o humor.


Os dois ótimos atores dão uma ótima base ao longa, mas o grande segredo está no excelente e sensível roteiro. Só a brincadeira com o nome do filme Truman e a que ele se refere dentro da narrativa, já merece elogios. A sequência da viagem à Holanda é estupenda e termina com uma cena avassaladora, que fica ainda mais linda poucos minutos a frente, com uma outra cena complementar. Truman é um bom exemplo de como falar da morte de maneira leve, inteligente, cativante e sem cair no pedantismo cristão: "a morte é a pior coisa da vida". A morte é só mais um capítulo, e tudo depende da maneira como você a encara. Talvez como uma amiga, que você sabe que vai reencontrar um dia. Então por quê não puxar uma cadeira, beber alguma coisa, jogar conversa fora e sorrir?

Ps.: Não me venha com chororô no meu enterro, senão eu volto e puxo o pé de todo mundo. No meu enterro eu quero samba, cachaça e um fita amarela (gravada com o nome dela).



Truman (2016)
Direção: Cesc Gay
http://www.imdb.com/title/tt3754940/

  Gilvan Marçal - gilvan@gmail.com

-

Tecnologia do Blogger.